sonhe. veja. inspire-se. repita.
Blog oficial de viagem da Norwegian

Ao fazer um cruzeiro pelo Caribe com a Norwegian Cruise Line, você terá tempo de sobra para ir à terra e se aventurar. Uma das melhores maneiras de conhecer um lugar é interagir com os moradores locais, e a forma mais rápida de conhecer os locais é compartilhar seus alimentos. No sul do Caribe, isso muitas vezes significa comida de rua, e há tanta comida diferente para escolher quanto ilhas. Reunimos algumas dessas delícias aqui.

Bolinho de peixe em Barbados

Em Barbados bolinho de peixe é coisa séria. Esses bolinhos fritos de peixe e especiarias estão disponíveis em toda a ilha, muitas vezes temperados com molho picante. A cultura caribenha adora coisas picantes. Com fome? Peça um pão e dois, isso, dois bolinhos de peixe em pão salgado. O pão salgado não é tão salgado como parece. Pelo contrário, é pastoso e ligeiramente doce.

Bolinho de peixe em Barbados

Accra em Martinica

Quase todas as ilhas do Caribe têm uma versão de bolinhos fritos. Na Martinica, eles se chamam accra. Tem até um festival dedicado ao lanche favorito. Accra são bolinhos de peixe fritos. Ao fazer um cruzeiro para a Martinica, você verá tendas ao próximo às prais e poderá ver como os pratos são preparados com delicadeza. Em razão da influência francesa na ilha, algumas receitas levam leite e manteiga, fazendo com que os bolinhos sejam um pouco mais ricos do que em outras ilhas do Caribe.

Callaloo em Granada

O prato nacional de Granada é uma comida que pode levar bastante óleo chamada "oil down". Na verdade, é um ensopado de carne salgada, bolinhos, uma folha semelhante ao espinafre chamada callaloo, legumes e uma porção saudável de amido por meio de fruta-pão e inhame, a raiz da planta callaloo. Tudo é mergulhado em leite de coco aromatizado com açafrão. Alguns chefs locais afirmam que o prato nacional representa as cores da bandeira da ilha (verde, vermelho e amarelo). Verde do callaloo, vermelho das cenouras e amarelo do leite de coco temperado com açafrão.

Shark e St. Lucia

Moradores locais com fome e pressa em St. Lucia, muitas vezes optam por um "shark" e "bake". O shark é um peixe frito e o bake é um pão local frito que é denso e resistente ao mastigar. Adicione alguns legumes cozidos à mistura e você terá um enorme sanduíche para levar. Ou experimente figos verdes e peixe salgado, o prato nacional. Os figos verdes são na verdade bananas verdes. O prato é temperado com alho, cebola, aipo e o pimentão onipresente.

Shark e St. Lucia

Mountain Chicken em Dominica

Quando viajar para Dominica, você achará que a comida de rua é algo parecido com uma matança na estrada. Como outras ilhas do Caribe voltaram-se para o mar para o seu sustento, os moradores de Dominica voltaram-se para a terra. O prato nacional de Dominica é chamado de "mountain chicken". É na verdade um grande sapo (uma das maiores espécies do mundo) encontrado apenas em Dominica e em uma outra ilha. O sapo, chamado de crapaud, está agora em extinção e o prato nacional não é mais servido. Em seu lugar, experimente o manicou, que é um possum defumado ou cozido, ou cutia, um grande roedor entre o esquilo e o porquinho da índia. Ninguém disse que era fácil se alimentar como um morador local.

Aproveite!