sonhe. veja. inspire-se. repita.
Blog oficial de viagem da Norwegian

Conheça museus excepcionais em seu cruzeiro no Mediterrâneo ocidental

Um cruzeiro pela Europa é o máximo em destino para riscar itens da sua lista de lugares a serem visitados. Em Roma, temos o Coliseu e o Vaticano. Em Paris tem o Louvre, a catedral de Notre Dame e a Torre Eifel. Londres tem o Big Ben e a Torre de Londres. Você pegou o espírito da coisa. Mas, o que fazer quando você "esteve nos lugares, fez de tudo" e riscou os principais itens da sua lista de lugares especiais a serem visitados? Fizemos uma seleção de museus excepcionais para acrescentar ao seu itinerário.

Quando fizer um cruzeiro em Roma, visite o National Pasta Museum, uma homenagem ao prato nacional da Itália. "Conheça a verdadeira história do primeiro prato italiano", é o slogan do museu. As exibições mostram tudo, desde a história das massas, sua preparação manual até a produção de massa em grande escala. Os especialistas concordam que a massa nasceu na China e foi trazida para a Itália, mas os italianos levam o crédito pelo desenvolvimento das massas secas, prolongando a sua vida útil e fomentando a disseminação da massa em todo o mundo. O museu proclama a massa como "alimento para o mundo". Próxima parada... almoço.

National Pasta Museum

Uma vez que você tenha visto os pontos turísticos de Florença, dê uma olhada na Farmaceutica di Santa Maria Novella, a farmácia mais antiga do mundo. Há mais de 700 anos, frades dominicanos começaram a cultivar ervas medicinais para uso em tinturas, medicamentos e perfumes. Eles venderam os seus produtos aqui no antigo mosteiro. Os frescores do século 14 ainda adornam o interior. Há um pequeno museu exibindo as ferramentas do comércio fitoterapeuta e os vasos de porcelana usados para armazenar os produtos. Muitas das receitas originais ainda são usadas nas loções e sabonetes de hoje em dia. Leve algumas lembranças para perfumar seu quarto na sua volta para casa.

Enquanto se maravilha com as belas paisagens em Cannes, não esqueça de olhar para baixo. Esta capital da cultura cinematográfica é o lar da Allée des Etoiles du Cinema, ou do Star-Studded Floor. Mais de 150 impressões de mãos de celebridades de filmes estão na calçada. Espere por muitas estrelas francesas, mas veja as impressões das mãos de Mel Gibson, Sharon Stone, Julie Andrews e muitas outras.

Ao fazer um cruzeiro para Palma, Maiorca, fuja do roteiro original e visite o Museu de sa Jugueta, ou museu do brinquedo. Mais de 3,000 brinquedos do século 19 até o presente estão lá montados, da Espanha, Alemanha, Japão e Américas. Há uma área de recreação para as crianças e um bar para os adultos.

Já viu esculturas de mármore o suficiente? Quando estiver em Barcelona visite o Museu de la Xocolata, ou Museu do Chocolate, onde você encontrará esculturas de chocolate do tamanho natural de tudo, de Tom & Jerry a Bob Esponja, da estrela do futebol Lionel Messi e uma impressionante Pietà de Michelangelo. Na chegada, o seu ingresso é uma barra de chocolate. As exposições mostram as origens do chocolate, Barcelona como centro de distribuição de chocolate, e a oficina de Barcelona do século 19 onde o chocolate foi convertido em sólido pela primeira vez. Saiba de onde vem o cacau e como ele é cultivado e processado. Veja as máquinas utilizadas para processar o chocolate e quadros feitos de chocolate incluindo castelos e uma carruagem romana. Visite o café para trufas e chocolate quente. Você jamais verá ou comerá um chocolate assim novamente.

Depois de ter visto Pompeia e Herculano, você não vai querer perder a cidade submersa de Baia, um parque arqueológico subaquático no Golfo de Nápoles. Baia foi um resort romano antigo para os extremamente ricos. Os Patrícios vieram para ver os balneários preenchidos por água quente da primavera de aberturas vulcânicas na terra. Dizia-se que a água tinha propriedades de cura. Havia rumores de que Baia era um destino do hedonismo e escândalo. Havia um cassino no resort. Júlio César era dono de uma villa no local e Nero, Adriano e Calígula o visitavam regularmente. Séculos depois, o local foi abandonado devido ao aumento do nível do mar facilitado pela atividade vulcânica local. Hoje, as ruínas subaquáticas são visíveis com os barcos com fundo de vidro. Veja os pisos de azulejos surpreendentemente preservados com mosaicos e estátuas incrivelmente intactas. Imagine o parque infantil da Roma movimentada com ricos e famosos.

Cidade submersa de Baia