sonhe. veja. inspire-se. repita.
Blog oficial de viagem da Norwegian

Enquanto estiver desfrutando seu cruzeiro no leste do Caribe, você terá bastante tempo para desembarcar e interagir com os simpáticos habitantes locais. Quando fizer isso, por que não viver como os locais? Não há forma melhor de conhecer a cultura de um lugar do que desfrutando algumas das delícias locais. No Caribe, isso significa comida de rua. Nós visitamos cada uma das ilhas e estamos felizes em mostrar quais são as comidas mais populares para desfrutar na viagem.

Johnny Cakes em São Tomás

São Tomás é rica com suas comidas de nomes interessantes. Alguém aceita goat water, kallalloo ou dumb bread? Mas são os johnny cakes onipresentes que são mais apreciados. Estas panquecas de pão frito são consumidas puras como um lanche ou podem ser servidas com frango e outros pratos saudáveis.

Roti em Tortola

Tortola é conhecida por sua combinação de culturas coloridas: europeus, africanos, indianos e povos indígenas. Os indianos levaram o roti para a ilha e as outras culturas deram seu toque especial a essa adorada comida de rua. O roti é um pão semelhante a um crepe, frito e recheado com ingredientes picantes e com curry, incluindo carne, frango, caracol do mar, cabra ou lagosta. O acompanhamento do lanche é a manga

Delicioso roti em um cruzeiro em Tortola

Bolinhos fritos de caracol do mar nas Bahamas

Ao pensar nas Bahamas, você pensa em bolinhos fritos de caracol do mar. Esses deliciosos bolinhos fritos são feitos com farinha de milho e caracol do mar, um molusco muito apreciado em todo o Caribe. Para ficar ainda melhor, pimenta caiena, cebola, pimentão, aipo e alho são usados na mistura. Os bolinhos fritos podem ser apreciados sozinhos ou como acompanhamento de um prato mais substancioso. Não se esqueça do molho, uma mistura de ketchup, maionese e especiarias as Bahamas.

Bolinhos crocantes de caracol do mar em um cruzeiro no leste do Caribe

Chicharrones em Porto Rico

Porto Rico é sinônimo de alimentos fritos. O bacalaito são fatias finas de bacalhau, que são fritas até se tornarem uma deliciosa bolacha crocante e salgada. O Pinomo é carne envolta em banana-da-terra e frita. Os tostones são pedaços de banana verde frita, geralmente servidos com uma porção de carne. Mas, se tivéssemos que escolher uma comida de rua típica da ilha, seriam os chicharrones. São pedaços fritos de gordura de porco, conhecidos como torresmo. Ninguém disse que comida de rua era saudável.

Churrasco em São Martinho

O lado francês de São Martinho é considerado a capital gastronômica do Caribe. A ilha tem uma culinária francesa que lembra os melhores bistrôs de Paris. Mas é nos churrascos informais chamados lolos que você encontrará os moradores locais. Aqui você pode saborear um churrasco de frango, costela e peixe com os pés na areia. É com a costela que a maioria dos visitantes sonha depois de voltar para casa. Muitos lolos usam uma receita de costela marinada em vinagre e suco de limão, finalizada com tempero em pó para churrasco.

Churrasco fresquinho em São Martinho no seu cruzeiro no Caribe

Ducana na Antígua

Antígua é o lar do ducana, um tamale de batata-doce moída, coco e, às vezes, abóbora, envolto em folha de bananeira e cozido. Os temperos incluem canela, açúcar, gengibre, noz-moscada e baunilha. Os ducanas costumam ser servidos como um acompanhamento doce a peixes salgados.

Peixes em São Cristóvão

O peixe salgado é onipresente no Caribe, mas em São Cristóvão é o prato nacional oficial. O peixe salgado era um alimento básico nos navios que viajavam pelo Caribe na época das descobertas e da pirataria. Ele consiste em bacalhau preservado pelo método de salga e secagem. Freqüentemente encontrados em bancas de beira de estrada e de praia, o prato oficial de São Cristóvão, Antígua, consiste em peixe salgado cozido com pimentão, tomate e alho, servido com banana, gengibre, cebola, pimenta, bolinhos de coco e fruta-pão temperada. Saboreie um prato com essa famosa combinação e sinta-se como um morador local.